hipertensão

5 hábitos para prevenir a hipertensão

A hipertensão arterial é uma doença crônica que, como o próprio nome sugere, é caracterizada por níveis elevados de pressão sanguínea nas artérias. Ela ocorre quando o valor das pressões máxima e mínima são iguais ou excedem 140/90 mmHg, ou seja, 14 por 9.

Nesse tipo de quadro, o coração se esforça mais do que o normal para que o sangue seja adequadamente distribuído pelo corpo. De modo geral, a condição é assintomática e sintomas só aparecem quando a pressão sobe demais, podendo desencadear dor de cabeça, dor no peito, tontura, fraqueza, zumbido no ouvido e visão embaçada.

Mas não se deixe enganar pelo início silencioso e ausência de manifestações, pois a hipertensão aumenta o risco de problemas graves como acidente vascular cerebral, aneurisma, infarto e insuficiência renal e cardíaca.

Na grande maioria dos casos (90%), a pressão alta é uma doença familiar, isto é, herdada dos pais, entretanto, há outros fatores controláveis que podem influenciar no desenvolvimento do quadro. Isso significa que adotando algumas medidas preventivas, é possível evitar a hipertensão. Confira a seguir quais são os hábitos essenciais para fugir da hipertensão.

Combata o estresse

Sabia que o excesso de estresse pode contribuir para a subida da pressão? Isso mesmo! Pessoas estressadas demais são mais propensas ao desenvolvimento de quadro hipertensivo. Sendo assim, para evitar a hipertensão é recomendável levar uma vida tranquila, estabelecer períodos de descanso, evitar sobrecarga de trabalho e aproveitar os momentos de lazer.

Mantenha o peso adequado

Procure manter o peso adequado através da adoção de alimentação balanceada, associada à prática regular de exercícios físicos, sono de qualidade e abstenção de hábitos prejudiciais. Nesse sentido, é importante evitar a ingestão abusiva de alimentos muito salgados e gordurosos. Lembre-se que o sobrepeso, a obesidade e o sedentarismo estão entre os principais fatores de risco para o desenvolvimento da hipertensão arterial.

Reduza o consumo de sal

O mais indicado é que o consumo de sal seja mínimo. É recomendável que não exceda 6 gramas por dia (uma colher de sobremesa). Para compensar a ausência desse ingrediente, vale a pena apostar em alho, cebola, ervas variadas e limão para temperar a comida e deixá-la saborosa sem que fique salgada.

Exercite-se regularmente

Pratique atividades físicas com constância e disciplina. Faça ao menos uma caminhada de meia hora cinco vezes por semana. A melhor atividade física que existe é aquela que você consegue praticar regularmente, mas antes de iniciar qualquer prática esportiva, converse com seu médico de confiança e conte com o suporte de preparadores físicos.

Abstenha-se do consumo abusivo de álcool e cigarro

Alcoolismo e tabagismo são hábitos nocivos para a saúde geral e podem provocar a subida da pressão arterial. Só para ter ideia, a nicotina (substância presente no cigarro) causa vaso constrição periférica, hipertensão e aumenta o risco de infarto. Já as bebidas alcoólicas em excesso, além de elevarem a pressão, ainda geram resistência ao tratamento anti-hipertensivo.

Quer saber um pouco mais sobre a hipertensão? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cardiologista em Uberlândia

Comentários
Avatar

Posted by Dr. André Navarro