Ansiedade

Ansiedade: como ela afeta a saúde do coração?

É normal que você se sinta ansioso de vez em quando. Aliás, a preocupação gerada pela ansiedade pode estimulá-lo a tomar alguma ação positiva em favor de sua saúde, como começar a fazer atividades físicas e exames de rastreamento, por exemplo. 

Mas, você sabia que níveis altos de ansiedade podem afetar a saúde de seu coração? Confira, nos próximos parágrafos, como ocorre essa relação e quais cuidados você precisa tomar.

Quais os efeitos da ansiedade no coração?

A ansiedade causa uma série de eventos adversos no corpo, por exemplo, fazer o seu organismo reagir de forma que sobrecarregue o coração. Por isso, indivíduos que tenham alguma condição cardíaca devem estar ainda mais atentos aos sintomas físicos.

Os principais distúrbios de ordem cardíaca que podem estar associados a um quadro de ansiedade são:

Níveis elevados da pressão arterial: em pessoas que já sofrem com a pressão alta, a ansiedade pode intensificar a doença.

Taquicardia ou frequência cardíaca rápida: em situações mais graves há interferência na função normal do coração, sendo que problemas adicionais podem surgir.

O que vem primeiro: a ansiedade ou os problemas no coração? 

Todavia, a ciência ainda não conseguiu identificar com clareza se é o quadro de ansiedade provoca doenças do coração ou se oposto que ocorre.

Entretanto, a medicina já sabe que essa angustia crônica pode provocar alterações sobre como o corpo responde ao estresse. Ou seja, as reações fisiológicas e hormonais responsáveis por nos ajudar a fugir de uma situação perigosa ou lutar são afetadas.

Para entender melhor, vejamos a hipertensão: como essa aflição causa altos e baixos, o indivíduo fica mais sujeito a um comportamento inadequado da pressão arterial. Os picos podem aumentar o risco de eventos agudos como infarto e acidente vascular cerebral ( AVC), e os vales podem gerar sintomas como sonolência e tontura.

Por outro lado, se a pessoa recebe um diagnóstico de doença cardíaca, seus níveis de ansiedade podem ficar elevados devido a preocupação e com isso gerar um ciclo que piora o quadro.

A ansiedade pode parecer um problema cardíaco?

Há certas condições relacionadas a ansiedade que podem causar certa confusão. Uma delas é o ataque de pânico, sendo caracterizado por uma onda intensa de ansiedade e medo. Dor no peito, náusea, falta de ar, coração acelerado e tontura são alguns dos sintomas desse problema que podem parecer um ataque cardíaco.

Entretanto, é importante destacar que ataques do coração e uma crise de pânico podem ter sintomas parecidos, mas não idênticos.  

Por isso, qualquer pessoa que sinta uma dor torácica intensa e súbita, tendo ou não algum quadro de ansiedade, deve procurar ajuda médica para uma avaliação.

O profissional poderá fazer exames adequados para descartar uma doença do coração e fortalecer o diagnóstico de ansiedade.

De qualquer forma, há excelentes tratamentos para lidar com a ansiedade. Um cardiologista inteirado sobre as questões relativas a essa condição é capacitado para separar os sintomas e recomendar ao paciente um tratamento para seu transtorno, se for o caso.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cardiologista em Uberlândia

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp