Triglicerídeos

Triglicerídeos: o que são e por que é importante ficar de olho

Triglicerídeos: o que são e por que é importante ficar de olho

 

Para executar atividades do nosso dia a dia bem como as atividades físicas necessitamos de energia. A principal forma de armazenar energia que usamos é o depósito em gorduras. O conteúdo das células de gordura são principalmente os triglicérides.

Conheça nesse artigo o que é esse tipo de gordura, quais são as suas causas e os contratempos que podem trazer à sua saúde. Veja também algumas dicas do que pode ser feito para controlar o seu nível.

 

Triglicerídeos: o que são, causas e problemas relacionados

 

Ao se alimentar, seu organismo utiliza parte das calorias para suas funções e o que não é utilizado é convertido em triglicérides, que são armazenados em suas células de gordura. Quando o organismo precisar de energia, ele é liberado pela ação de um hormônio. Assim, quanto mais tempo seu consumo de energia for maior que seu gasto, maior será seu acumulo de gordura.

Essa substância pode aparecer no corpo por duas formas: pela própria produção do corpo ou pela alimentação rica em gorduras e carboidratos.

Alguns tipos de alimentos são ricos em calorias como os carboidratos, e consumidos com moderação oferecem energia ao corpo. Já quando há exagero no consumo, essas calorias não são consumidas e acaba sendo transformada em triglicérides e consequentemente, em gordura.

Existem outras causas para a elevação dos triglicérides como problemas de tireoide, diabetes mal controlada, doença nos rins ou fígado e ainda pode ser um efeito colateral de certos medicamentos.

Quando apresenta-se alto nível desta gordura no sangue, aumenta-se o risco de:

  • Doenças cardiovasculares, como infarto e AVC (acidente vascular cerebral, popularmente conhecido como derrame)
  • Doenças gastrointestinais como esteatose hepática (gordura no fígado) e pancreatite (doença inflamatória do pâncreas).

 

O que fazer para evitar ou tratar o triglicérides alto

 

Para não ter problemas dessa ordem, deve-se fazer uma alimentação saudável com outros hábitos de vida igualmente coerentes.

Evitar alimentos gordurosos e frituras, doces e comidas ricas em carboidratos simples, como arroz branco, refrigerantes, bolachas e alimentos feitos com farinha branca, como massas, são alguns dos primeiros passos a fazer. A gordura animal proveniente de carne vermelha, como carne bovina e suína, o leite integral e queijos amarelos também devem ser evitados, porque contém altas taxas de gordura.

Prefira frutas, legumes e verduras e dê preferência a massas com farinha integral e arroz integral. Mas ainda nesse último caso, deve-se controlar o consumo, já que qualquer tipo de massa é fonte de carboidratos. Quanto menos industrializado o alimento melhor.

Excessos no consumo de álcool também esta relacionado com altas taxas de triglicérides.

No campo dos exercícios, é recomendado praticar atividades físicas como caminhadas, corrida ou ciclismo, de três a cinco vezes por semana. Fazer meia hora de alguma atividade nessa frequência irá reduzir consideravelmente os níveis da gordura.

Se você tem fatores de risco para o problema, recomenda-se ir ao médico e fazer exames periódicos. Só o exame laboratorial é capaz de constatar se os níveis de triglicerídeos estão de acordo com a normalidade.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cardiologista em Uberlândia e Ipameri

Comentários
Avatar

Posted by Dr. André Navarro